Bolsa fecha em queda de 1,07%; ação do Banco do Brasil cai 3,87%

Do UOL, em São Paulo

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou esta quinta-feira (7) em queda de 1,07%, a 72.487,45 pontos. Na véspera, a Bolsa subiu 1%.

Investidores estavam mais pessimistas em relação à possibilidade de a reforma da Previdência ser votada ainda neste ano na Câmara dos Deputados. Sem votos suficientes, o governo já reconhece que a matéria não deve ir ao Plenário na semana que vem.

As ações do Banco do Brasil (-3,87%), da Petrobras (-1,68%), da mineradora Vale (-1,17%), do Bradesco (-0,72%) e do Itaú Unibanco (-0,33%) fecharam em queda. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Dólar sobe 1,73%, a R$ 3,286

dólar comercial fechou em alta de 1,73%, cotado a R$ 3,286 na venda, após quatro quedas seguidas. É a maior valorização percentual diária em quase sete meses: em 18 de maio, o dólar saltou 8,15%, logo após as delações da JBS virem a público.

Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,11%.

(Com Reuters) 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos