PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Cotações

Bolsa emenda 3ª alta e fecha aos 100.552 pontos; dólar sobe a R$ 5,614

Cris Fraga/Estadão Conteúdo
Imagem: Cris Fraga/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

21/10/2020 17h17Atualizada em 22/10/2020 17h02

O Ibovespa emendou hoje sua terceira alta consecutiva — ainda que discreta —, encerrando o pregão aos 100.552,44 pontos (+0,01%). É o maior valor de fechamento para o principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3) desde 9 de setembro (101.292,05 pontos).

No mês, o Ibovespa soma valorização de 6,29%. Em 2020, porém, o indicador acumula perdas de 13,05%.

O dólar também registrou leve alta na sessão, cotado a R$ 5,614 na venda (+0,05%). Desde 1º de outubro, a moeda norte-americana pouco variou (-0,04%), mas, no ano, já registra valorização de quase 40% frente ao real.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

EUA, o centro das atenções

O noticiário corporativo esteve sob os holofotes do mercado financeiro, enquanto agentes acompanharam as negociações nos Estados Unidos para mais estímulos fiscais.

A Casa Branca e integrantes do Partido Democrata tentam chegar a um acordo antes das eleições no país, em 3 de novembro, embora muitos obstáculos permaneçam, incluindo o montante final do pacote de alívio aos efeitos econômicos da covid-19.

"A pressão sobre ambas as partes [para um acordo] aumentou significativamente nas últimas semanas", disse à Reuters o analista Milan Cutkovic, da Axi.

(Com Reuters)

Cotações