Conteúdo publicado há 9 meses

Bolsa avança mais de 1% e dólar fecha a R$ 4,875

O dólar comercial encerrou a sessão desta segunda-feira (28) estável (-0,006%), cotado a R$ 4,875.

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira (B3), encerrou em alta de 1,11%, aos 117.120,98 pontos.

Cenários interno e externo:

Os economistas ouvidos pelo Banco Central para o boletim Focus, divulgado hoje, mantiveram a projeção para a inflação oficial (IPCA) em 2023 em 4,90%, ante 4,84% de um mês atrás.

Para 2024, que tem maior peso nas decisões do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) atualmente, houve uma leve oscilação das expectativas, que passaram de 3,86% para 3,87%. Há um mês, a expectativa era de 3,89%.

No contexto internacional há receios sobre a trajetória de política monetária dos Estados Unidos, compensando o anúncio de novos estímulos na China.

O mercado também continua repercutindo a fala da semana passada do chair do Federal Reserve (Banco Central dos EUA), Jerome Powell, que disse que o banco central pode precisar elevar ainda mais os juros para garantir que a inflação seja contida.

As autoridades chinesas também anunciaram um pacote de medidas para aumentar a confiança dos investidores, com destaque para a redução pela metade do imposto sobre a negociação de ações.

Nesta semana ainda haverá a divulgação de dados de inflação e emprego dos Estados Unidos, que podem oferecer novas pistas sobre os próximos passos do Fed.

(Com Reuters e Estadão Conteúdo)

Deixe seu comentário

Só para assinantes