Bolsas

Câmbio

Pokémon Go

Tecnologia de Pokémon Go pode ajudar até a escolher o novo sofá da sua casa

Márcia Rodrigues

Colaboração para o UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O game Pokémon Go estreou no Brasil nesta semana e virou mania, assim como em todos os países onde já foi lançado. Com o uso da tecnologia de realidade aumentada, que projeta no mundo real figuras que só existem no mundo virtual, jogadores capturam monstrinhos virtuais, os Pokémons, que aparecem na tela dos smartphones.

Mas você sabia que essa tecnologia já vem sendo utilizada em outras aplicações, principalmente nos negócios? Com realidade aumentada, por exemplo, é possível transportar a imagem de um sofá para a sua casa para você ver como o móvel ficará no ambiente antes de comprar. Também dá para ver como uma roupa ficará no seu corpo sem vesti-la.

Divulgação
App mostra como os móveis vão ficar na sua casa antes de comprar

A realidade aumentada vem sendo a ferramenta de vendas da rede multinacional sueca Ikea, que vende móveis domésticos de baixo custo.

A companhia disponibiliza a tecnologia em um aplicativo de celular para que os clientes possam projetar móveis, como sofá, televisão, geladeira, entre outros, no ambiente da casa em tamanho real e verificarem como ficam antes de finalizar a compra.

"O fato de a loja transportar o móvel que você vê na internet para a sua casa e ser possível visualizá-lo como se fosse real aumenta consideravelmente as chances de conversão em venda", diz Martha Terenzzo, professora da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) de contexto criativo e cultura pop.

Reprodução
Loja virtual: cliente pode 'provar' roupas usando a webcam

Ela também afirma que algumas lojas de roupas no exterior estão utilizando a tecnologia de realidade aumentada.

"É possível ver como a roupa ficará no seu corpo sem experimentá-la e isso atrai, principalmente, clientes que não gostam de provar a roupa para comprar." 

Toru Hanai/Reuters
Hatsune Miku: holograma projetado em 3D com voz sintetizada por software

Terenzzo também cita como exemplo o sucesso da cantora holográfica Hatsune Miku, no Japão. "Ela pula, dança, faz performance no palco, mas o que os fãs veem é a imagem de um holograma projetado em 3D." 

Ela foi lançada em 2007, pela Crypton Future Media, e sua voz é sintetizada por um software chamado Vocaloid.

Segundo a professora, a cantora vem atraindo milhões de fãs aos seus shows. "Ela é a garota-propaganda da Toyota e da Domino's Pizza no Japão."

Pequenos também podem usar tecnologia

Qualquer empresa pode usar a realidade aumentada e é possível, inclusive, implantar a tecnologia sem custo, segundo Paulo Silvestre, consultor de cultura e mídias digitais e professor universitário. 

"Se a empresa tiver um funcionário que saiba operar o AutoCAD ou qualquer programa que produza uma peça ou produto tridimensional, por exemplo, ela já pode usar a tecnologia, porque são essas informações que são jogadas nas plataformas que criam a realidade aumentada."

Ele diz, inclusive, que em casos simples é possível implantar a tecnologia em uma semana.

O que é realidade aumentada? Conheça apps além do "Pokémon Go"

  •  

De acordo com o especialista, algumas plataformas dispensam qualquer programação, são fáceis de operar e podem ser usadas de forma gratuita. "Entre os melhores exemplos dessa categoria estão o Augment e o Aurasma. Outros, como o LayAR, trazem também recursos para programadores."

Existem outras plataformas, segundo Silvestre, que oferecem recursos mais sofisticados de realidade aumentada e, consequentemente, exigem mais investimento. Alguns exemplos são: Vuforia, WikiTude, Kudan AR e ARToolKit.

Pegando carona no Pokémon Go

Reprodução
Pokémon Go: comprar moedas atrai mais monstros para perto do seu celular

Algumas empresas nos EUA estão aproveitando a febre do Pokémon Go para lucrar. No jogo, é possível comprar moedas para atrair mais monstros para perto do seu celular.

"O dono de um café, por exemplo, vem usando a tática de comprar moedinhas para atrair os monstrinhos para dentro da sua loja e, consequentemente, mais clientes. A maioria acaba tomando um café ou comendo alguma coisa", diz a professora Martha Terenzzo.

A mesma estratégia vem sendo adotada por uma pizzaria de Long Island (EUA), segundo Silvestre.

Para ambos os especialistas, o empresário que usar a criatividade poderá lucrar com o game.

Temos que pegar! Um resumo de como funciona Pokémon Go!

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos