Ainda não sacou abono salarial? Governo divulga lista; acesso está instável

Do UOL, em São Paulo

Você tem direito ao abono salarial do PIS/Pasep referente a 2014? O prazo termina na próxima quarta-feira (31) e cerca de 1 milhão de trabalhadores ainda não sacaram o benefício. Nesta quinta-feira (25), o Ministério do Trabalho divulgou uma lista os nomes dessas pessoas. 

Usuários têm relatado dificuldade para acessar o arquivo. A reportagem do UOL fez o teste e também enfrentou dificuldades no acesso; em alguns momentos, não foi possível sequer acessar o site do Ministério do Trabalho. 

O ministério afirmou que os arquivos são pesados e isso que pode causar lentidão na hora de fazer a consulta. O ministério também informou, por meio da assessoria de imprensa, que "devido ao grande acesso, o portal do Ministério do Trabalho está instável".

Como consultar a lista?

Para consultar a lista é preciso abrir a página do ministério por meio do site http://zip.net/bmtrwf (endereço encurtado e seguro) e clicar no seu Estado. Em seguida, basta baixar o aquivo com os nomes. 

No caso de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, as listas estão separadas por municípios e organizadas em ordem alfabética. Para consultar se o seu nome consta na lista dos que ainda não sacaram o abono, é preciso clicar na letra correspondente à cidade onde mora. Por exemplo, no Estado de São Paulo, quem mora em Campinas deve clicar na letra "C".

Site indica quem tem direito

O ministério também lançou um site para que trabalhadores consultem diretamente se têm direito ao abono salarial. Para fazer a consulta, é necessário informar o número do CPF ou do PIS/Pasep e a data de nascimento.

O sistema está disponível na página: http://zip.net/bgtp0v (endereço encurtado e seguro) e também permite que trabalhadores saibam como fazer para sacá-lo.

Saiba mais sobre o abono

O valor do abono salarial é de um salário mínimo (R$ 880) e está disponível para saque até dia 31 de agosto. O recurso não sacado é devolvido ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Quem tem direito? O benefício é pago aos trabalhadores que receberam, em média, até dois salários mínimos por mês em 2014. É preciso estar cadastrado no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter trabalhado por pelo menos 30 dias em 2014. Além disso, o patrão tem que ter informado os dados do trabalhador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho.

Qual o valor? Um salário mínimo.

O que acontece com o dinheiro não recebido? Os valores que não são sacados até o final do prazo vão para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), um fundo vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego e responsável pelo pagamento do seguro-desemprego, por exemplo.

Onde sacar o dinheiro? O PIS (Programa de Integração Social) é para trabalhadores de empresas privadas e deve ser sacado na Caixa, enquanto o Pasep (Patrimônio do Servidor Público) é para servidores públicos, e deve ser sacado no Banco do Brasil.

Mais informações: segundo o Ministério do Trabalho, também é possível saber se você tem direito ao abono pelos telefones 158, 0800-7260207 (Caixa) e 0800-7290001 (Banco do Brasil), ou nas agências bancárias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos