ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Lush vai embora; relembre empresas que deixaram o Brasil nos últimos anos

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/05/2018 16h09

A empresa britânica de cosméticos Lush anunciou nesta segunda-feira (14) que vai encerrar suas atividades no Brasil. A marca deverá operar por aqui até o final de junho e, até lá, oferece quase todos seus produtos pela metade do preço em suas lojas e no site. A empresa já havia fechado as portas por aqui, mas voltou em 2014.

"Apesar do crescente aumento de vendas, a alta carga tributária e a prolongada recessão econômica, somados à instabilidade política, tornaram impossível à Lush continuar investindo e lucrar no país", disse a companhia, em comunicado.

Não é a primeira vez que empresas estrangeiras deixam o país alegando dificuldades operacionais, como alta carga tributária, e a situação piorou nos últimos anos com a crise. Há também empresas que venderam suas operações e mantiveram suas marcas, como Fnac e Starbucks, e companhias que saíram do país, mas sinalizam um retorno, como Nintendo.

Mais Economia