Bolsas

Câmbio

Guarapan, Brahma Refresh: veja produtos que só existem em alguns lugares

Do UOL, em São Paulo

  • iStock

No Norte e no Nordeste, você pode lavar sua roupa com o detergente Ala. Em Belo Horizonte, tomar um Guarapan e no Rio Grande do Sul, um Charrua.

Todas essas marcas não pertencem atualmente a pequenas empresas locais, mas sim a gigantes de seus segmentos que apostam na regionalização para ampliar seu mercado, como Coca-Cola e Unilever.

Além de serem donas de marcas regionais, algumas empresas também desenvolvem versões de seus produtos pensando especificamente no público de uma região, caso do Rexona e da Brahma, por exemplo.

Confira algumas dessas marcas e produtos.

Divulgação
Divulgação

Guarapan

A Coca-Cola tem uma marca regional de refrigerante, o Guarapan, que é à base de maçã. A bebida é vendida principalmente em Belo Horizonte (MG) e Campo Grande (MS).
Divulgação
Divulgação

Rexona Erva Doce e Men Impacto

Rexona, marca que pertence à Unilever, anunciou o lançamento de dois desodorantes especificamente para o público do Nordeste: Rexona Erva Doce e Rexona Men Impacto, que tem fragrância de "cítricos e hortelã".

De acordo com a empresa, esses odores agradam o olfato dos nordestinos. "Por ser uma região mais quente, percebemos que lá os consumidores buscam por fragrâncias mais refrescantes", afirmou em nota.

Os novos desodorantes serão vendidos em todo o Brasil, mas terão "foco de distribuição no Nordeste".
Divulgação
Divulgação

Tuchaua

Em junho, a Coca-Cola lançou a Fanta sabor guaraná. Com isso, a empresa passou a vender oito marcas diferentes de refrigerantes de guaraná. Os únicos que são vendidos em todo o país, porém, são a Fanta e o Kuat. Os demais são regionais.

Na região Norte, há o Tuchaua, que tem uma versão escura e outra clara, chamada Tuchaua Champ. Só em Belém e Manaus são vendidas 10 milhões de caixas da bebida por ano, de acordo com a empresa.
Divulgação
Divulgação

Brahma Refresh

Também pensando no clima quente das regiões Norte e Nordeste, a Ambev fez a Brahma Refresh, versão da cerveja que é um dos carros-chefe da companhia.

Segundo a empresa, a bebida é mais leve e suave, para ser mais refrescante e atrair os consumidores locais.
Divulgação
Divulgação

Guaraná Jesus

Uma das marcas regionais da Coca-Cola no Nordeste é o Guaraná Jesus, original de São Luís (MA), mas vendido também em outros Estados da região, em São Paulo e em Brasília, de acordo com a empresa.
Divulgação
Divulgação

Simba

Outro guaraná da Coca-Cola encontrado no Nordeste é o Simba, que também é vendido no Sudeste. Segundo a empresa, ele é uma opção mais barata de refrigerante, disputando mercado da classe C.
Divulgação
Divulgação

Detergente Ala

Os novos desodorantes da Rexona não são a primeira aposta da Unilever na regionalização como forma de aumentar as vendas.

Lançada em 1996, a marca de detergentes Ala foi desenvolvida para o público do Norte e do Nordeste, após pesquisa com as mulheres dessas regiões, segundo a empresa.
Divulgação
Divulgação

Taí

A Coca-Cola ainda vende o Taí, que já foi um produto nacional, mas que hoje tem foco de vendas no Sudeste.
Divulgação
Divulgação

Fofo Azul do Céu

No Nordeste, o amaciante Fofo, que também é da Unilever, leva o nome de Fofo Azul do Céu. Segundo a empresa, a fórmula da versão é diferente da tradicional, vendida no restante do país, porque é produzida em outra fábrica, com particularidades nos processos de produção. "Porém, ambas foram desenvolvidas para entregar os mesmos resultados", afirma a empresa.

Além disso, a versão Fofo Cheirinho de Bebê também muda de nome no Nordeste, onde é conhecida como Fofo Carinho de Bebê.
Divulgação
Divulgação

Charrua

No Rio Grande do Sul, a Coca-Cola vende o Charrua, guaraná que leva o nome de uma tribo indígena gaúcha, de acordo com a empresa.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos