IPCA
0,46 Jun.2024
Topo

ANÁLISE

Temporada de balanços nos EUA vai indicar se a economia está desacelerando

Getty Images
Imagem: Getty Images

Rafael Bevilacqua

12/07/2022 09h34

Esta é a versão online da edição de hoje da newsletter Por Dentro da Bolsa. Para assinar este e outros boletins e recebê-los diretamente no seu email, cadastre-se aqui.

A temporada de balanços do segundo trimestre de 2022 começa nesta terça-feira (12) para os investidores norte-americanos, com a divulgação dos resultados da gigante de alimentos e bebidas PepsiCo (Nasdaq: PEP).

Para esta semana, são esperados também os resultados de outras gigantes, como Delta Airlines (Nyse: DAL), Morgan Stanley (Nyse: MS) e JP Morgan (Nyse: JPM).

O mercado aguarda ansiosamente a apresentação dos balanços das companhias listadas nas Bolsas de Valores da maior economia do planeta, na expectativa por mais informações sobre como essas companhias têm lidado com a alta da inflação, maior pressão sobre as margens e a perspectiva de recessão.

Para o segundo trimestre, as projeções indicam que as empresas ainda devem apresentar crescimento das receitas e do lucro na média, mas sinalizam uma forte desaceleração com relação ao crescimento observado nos trimestres anteriores.

A FactSet, empresa de software e dados financeiros, revisou sua estimativa de crescimento para o lucro das empresas que compõem o índice S&P 500, de 5,9% para 4,1% no trimestre, por causa da piora do cenário econômico. Em se tratando de receitas, por outro lado, a FactSet elevou sua projeção de um aumento de 9,6% para 10,1%.

Essas projeções evidenciam que o aumento dos custos tem pressionado as margens e sido a principal preocupação da maioria das companhias, uma vez que, mesmo com aumento das receitas, o lucro líquido não consegue crescer no mesmo ritmo.

O mercado começa a sentir os efeitos da alta dos juros iniciada pelo Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em março deste ano, medida implementada visando conter a disparada da inflação, mas que deve provocar uma desaceleração da economia norte-americana.

No cenário atual, empresas jovens, com modelos de negócio disruptivos, e startups que operam com margens baixas tendem a ser as principais prejudicadas.

Leia no 'Investigando o Mercado' (exclusivo para assinantes UOL, que possuem acesso integral ao conteúdo de UOL Investimentos): informações sobre o que esperar das ações do Twitter após Elon Musk ter desistido de comprar a rede social.

Um abraço,

Rafael Bevilacqua
Estrategista-chefe e sócio-fundador da Levante

**********

NA NEWSLETTER A COMPANHIA

A newsletter A Companhia analisa como fica a Localiza após fusão com a Unidas. Segundo analistas, a fusão traz fortes sinergias, uma vez que a primeira é líder no setor de aluguel de carros e sua antiga concorrente domina o segmento de gestão de frotas —as duas principais frentes do negócio de locação. Para se cadastrar e receber a newsletter semanal, clique aqui.

Queremos ouvir você

Tem alguma dúvida ou sugestão sobre investimentos? Mande sua pergunta para duvidasparceiro@uol.com.br.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo estrategista-chefe e sócio-fundador Rafael Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.