Só para assinantesAssine UOL

Como receber dividendos em dólar com a ação da Meta, dona do Facebook

A Meta, dona do Facebook, anunciou seu primeiro dividendo da história. O valor é pequeno, de US$ 0,50, mas deve ser recorrente, diz a empresa. Para receber o valor, é necessário comprar ações até o dia 22 de fevereiro.

Qual é o valor do dividendo

O dividendo é de US$ 0,50 por ação - inclui ações de classes A e B. O anúncio foi feito dias antes do 20º aniversário de sua principal rede social, o Facebook.

Será pago no dia 26 de março desde ano para investidores que tiverem ações até o dia 22 de fevereiro. A empresa ainda comunicou que iria ter um novo programa de recompra de ações de US$ 50 bilhões.

A Meta também prevê pagar os acionistas com regularidade. No mesmo comunicado, a empresa diz que prevê pagar dividendos trimestrais, "sujeito a condições de mercado e aprovação do conselho de administração". O dividendo será recorrente de US$ 0,50 por ação por trimestre, ou seja, US$ 2,00 por ação por ano.

Este é um evento relevante, uma vez que ela é uma empresa de crescimento do setor de tecnologia e, através de dividendos e da recompra de ações, devolve dinheiro aos seus acionistas
William Castro Alves, estrategista-chefe da Avenue

Como investir e ganhar dividendos

As ações custam US$ 459. "Sob o ponto de vista de yield (retorno por ação) especificamente, o dividendo é baixo, mas é um indicativo importante. Mostra maturidade da empresa e do modelo de negócios, sua solidez financeira que permite a empresa pagar dividendos de forma recorrente", diz William. Para investir nelas, é preciso ter conta em uma corretora no exterior ou corretoras internacionais.

Com uma conta no Brasil, é possível comprar BDRs da Meta. Esses recibos de ações, que replicam papéis de empresas, são menos líquidos, ou seja, demora mais para comprar ou vender um papel. "Ainda terá um custo que reduz o dividendo recebido", diz Alves.

Continua após a publicidade

Superou expectativas do mercado

O dividendo foi anunciado junto com os resultados de todo o ano de 2023. A empresa também divulgou receita acima das expectativas, com vendas robustas de anúncios e de dispositivos no período de compras de fim de ano.

"A gigante das redes sociais também apresentou surpresas positivas em número de usuários", diz comentário da XP. "Além disso, a companhia capitaneada por Mark Zuckerberg anunciou guidance de receita para o primeiro trimestre de 2024 de US$ 34,5 bilhões a 37,0 bilhões - o mercado estimava US$ 33,6 bilhões", diz a XP.

Este material não é um relatório de análise, recomendação de investimento ou oferta de valor mobiliário. Este conteúdo é de responsabilidade do corpo jornalístico do UOL Economia, que possui liberdade editorial. Quaisquer opiniões de especialistas credenciados eventualmente utilizadas como amparo à matéria refletem exclusivamente as opiniões pessoais desses especialistas e foram elaboradas de forma independente do Universo Online S.A.. Este material tem objetivo informativo e não tem a finalidade de assegurar a existência de garantia de resultados futuros ou a isenção de riscos. Os produtos de investimentos mencionados podem não ser adequados para todos os perfis de investidores, sendo importante o preenchimento do questionário de suitability para identificação de produtos adequados ao seu perfil, bem como a consulta de especialistas de confiança antes de qualquer investimento. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura e não está isenta de tributação. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, a depender de condições de mercado, podendo resultar em perdas. O Universo Online S.A. se exime de toda e qualquer responsabilidade por eventuais prejuízos que venham a decorrer da utilização deste material.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes