Topo

Primeiro voo na França do E-Fan, o avião elétrico da Airbus

25/04/2014 17h06

MERIGNAC, França, 25 Abr 2014 (AFP) - O avião elétrico do grupo europeu Airbus, o E-Fan, realizou nesta sexta-feira seu primeiro voo oficial na França, na presença do ministro da Economia Arnaud Montebourg, que chamou a invenção de "revolução da aeronáutica".

O pequeno bimotor, de 6,7 m de comprimento e 9,5 de envergadura, é alimentado por baterias de lítio-ion com autonomia de uma hora. Ele decolou do aeroporto de Bordeaux-Merignac (sudoeste da França) para o seu primeiro voo oficial, de cerca de dez minutos, depois de uma série de testes.

A Airbus planeja começar a produção em massa deste modelo até o final de 2017.

O ministro elogiou "uma nova fronteira da inovação tecnológica e ecológica", uma revolução "que mudará o mundo da aeronáutica", assim como as áreas vizinhas dos aeroportos, na ausência de ruído.

Montebourg ressaltou em um comunicado que o E-Fan é apenas o "primeiro passo" na produção de "sucessivas gerações de aeronaves elétricas em dimensões que vão aumentar até alcançar a meta da construção de aeronaves de grande porte totalmente elétricas nos próximos 20 anos".

O protótipo E-Fan 1 que voou nesta sexta não será comercializado. A produção em massa vai começar com o E-Fan 2, com assentos lado a lado, e continuará com o E-Fan 4, com capacidade para quatro passageiros e autonomia de mais de três horas. Esses outros dois modelos também foram apresentados.

Mais Economia