Bolsas

Câmbio

Twitter anuncia reorganização em momento difícil

San Francisco, 25 Jan 2016 (AFP) - O Twitter está em reorganização, disse seu fundador e presidente, Jack Dorsey, ao anunciar a saída de cinco membros da direção da rede social, que passa por um momento difícil e tenta melhorar sua rentabilidade e perspectivas de crescimento.

A rede social anunciou no domingo à noite que quatro vice-presidentes e o encarregado de aplicativos de vídeo deixariam a empresa.

"Me entristece anunciar que Alex Roetter, Skip Schipper, Katie Stanton e Kevin Weil optaram por abandonar a companhia", disse Dorsey, por um tuíte em sua conta pessoal.

Com a saída desses vice-presidentes, o Twitter perde quatro dos nove integrantes da equipe executiva da empresa.

Vários meios de comunicação americanos anteciparam para domingo a saída desses executivos e alguns haviam dito que seriam demitidos.

Alex Roetter e Kevin Weil, os vice-presidentes encarregados da engenharia e dos produtos, respectivamente, estavam na companhia há cinco anos, assim como Katie Stanton, encarregada dos meios de comunicação. Brian "Skip" Schipper era responsável de recursos humanos.

"Serei sempre grato a @aroetter, @katies, @skipschipper e @kevinweil por tudo o que fizeram no Twitter. Eles são absolutamente incríveis!", escreveu Dorsey na sua conta, dizendo que estava "triste" por essas saídas.

Em uma extensa declaração, Dorsey comentou o que classificou de "rumores inexatos da imprensa" sobre a reorganização interna, afirmando que os executivos que saem "escolheram deixar a companhia".

"Os quatro terão um descanso bem merecido. Estou pessoalmente agradecido a cada um deles por tudo o que fizeram pelo Twitter e por nossos propósitos no mundo", acrescentou Dorsey. "Eles são pessoas fenomenais!".

Ele informou que o chefe de operações do Twitter, Adam Bain, "assumirá responsabilidades adicionais" como parte da reestruturação, assim como o chefe de tecnologia, Adam Messinger.

Crescimento lentoO The Wall Street Journal noticiou que o Twitter pretende integrar dois novos membros do conselho de administração da empresa na próxima semana e pelo menos um deles seria um executivo de alto perfil da indústria de mídia.

Segundo o jornal, no ano passado Dorsey impôs como condição para voltar a dirigir a empresa a substituição do conselho administrativo, formado também por Evan Williams, cofundador da empresa e um dos acionistas individuais más importantes de Twitter.

Procurado pela AFP, o Twitter não quis comentar.

Dorsey voltou à presidência do grupo com o objetivo de dar-lhe um segundo impulso.

Os investidores estão preocupados com as perspectivas de crescimento do Twitter, cuja cotação na bolsa caiu muito nas últimas semanas. O número de usuários do Twitter aumentou muito lentamente nos últimos trimestres.

No final de setembro, o Twitter reivindicava 320 milhões de usuários no mundo todo, só quatro milhões a mais que três meses antes.

Dorsey atualmente dirige duas empresas, Twitter e a empresa de pagamentos por telefones móveis Square, duas companhias avaliadas em bilhões de dólares que lutam para ganhar rentabilidade.

O Twitter deve informar seus resultados financeiros do quarto trimestre de 2015 no dia 10 de fevereiro.

Outro executivo vai para o GoogleSeparadamente, Jason Toff, que dirigia no Twitter a equipe do aplicativo de vídeo Vine, anunciou no domingo que deixaria a companhia para ir para o Google.

"Atualização pessoal! Vou me unir ao Google para trabalhar com RV (realidade virtual). Há muito potencial lá", disse Toff, que também era diretor de produtos do Twitter.

"Minha decisão de deixar Vine foi difícil. Amo a equipe, estou muito orgulhoso do que fizemos e sei que haverá coisas incríveis para eles mais adiante", escreveu Toff em um tuíte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos