Bolsas

Câmbio

Quatro mineiros resgatados depois de 36 dias soterrados na China

Pequim, 29 Jan 2016 (AFP) - Quatro mineiros foram resgatados na China depois de passarem 36 dias presos sob a terra, no desabamento da mina onde trabalhavam, informou nesta sexta-feira a agência estatal Xinhua.

Os quatro, que estavam soterrados desde 25 de dezembro, foram resgatados através de túneis escavados após terem sido detectados sinais de que havia sobreviventes no dia 30 de dezembro.

O resgate destes homens, presos mais de 200 metros debaixo da terra, durou duras horas, pois foram levados à superfície um a um, segundo o canal público CCTV. As pessoas resgatadas têm entre 36 e 58 anos de idade.

Imagens deste canal mostravam socorristas aplaudindo quando os homens iam saindo, aparecendo cobertos com mantas e com os olhos vendados, antes de subir em ambulâncias.

Não tinham ferimentos importantes e poderão retornar aos seus lares em breve, segundo Cao Qingde, número dois do hospital local em que eram atendidos, indicou a agência Xinhua.

Estes quatro mineiros faziam parte de um grupo de 29 pessoas que ficaram presas na mina em 25 de dezembro. Os socorristas resgataram 11 pessoas no dia seguinte, outra pessoa foi declarada morta e treze pessoas estão desaparecidas, acrescentou a fonte.

Os acidentes nas minas chinesas, consideradas as mais perigosas do mundo, causaram a morte de 931 pessoas em 2014, uma diminuição de 11% com relação ao ano anterior, segundo dados oficiais. O balanço de 2013 tinha sido de 1.049 mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos