Bolsas

Câmbio

Wall Street baixou, decepcionada com dados do emprego nos EUA

Nova York, 5 Fev 2016 (AFP) - Wall Street recuou, nesta sexta-feira, impactada por dados do mercado de trabalho nos Estados Unidos que podem incidir no rumo das taxas de juros: o Dow Jones perdeu 1,29%, e o Nasdaq, 3,25%.

O índice industrial Dow Jones deixou 211,75 pontos, situando-se nas 16.204,83 unidades, e o Nasdaq, de valores tecnológicos, perdeu 146,41 pontos, nas 4.363,14 unidades.

O índice ampliado S&P 500 deixou 35,43 pontos (1,85%) e acabou nas 1.880,02 unidades.

"Estou muito surpreso com tamanha baixa depois dos números sobre o emprego nos Estados Unidos, que não tiveram grandes surpresas", disse Alan Skrainka, da Cornestone Wealth Management.

O Departamento americano do Trabalho informou que, em janeiro, foram criados menos empregos do que nos dois meses anteriores, embora o desemprego tenha caído para 4,9%. Esta é a menor taxa desde fevereiro de 2008.

O informe também apontou um crescimento nos salários. Junto com outros dados do mercado de trabalho, isso levaria o Federal Reserve a manter sua política de retirar o suporte à economia, aumentando as taxas de juros.

"Tememos que o Fed olhe tudo isso e decida aumentar as taxas, possivelmente em março", quando seu Comitê de Política Monetária se reúne, comentou Bill Lynch, da Hinsdale Associates.

O mercado de títulos avançou ligeiramente. Às 19h20 (horário de Brasília), o rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos era de 1,843% contra 1,852% de quinta-feira, e o dos papéis para 30 anos, a 2,680% contra os 2,682% anteriores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos