PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Banco Central do Chile reduz previsão de crescimento para 2016

28/03/2016 13h15

Santiago, 28 Mar 2016 (AFP) - Considerando a piora do cenário internacional, o Banco Central do Chile rebaixou nessa segunda-feira sua projeção de crescimento da economia em 2016.

"O Banco Central do Chile estimou um crescimento de entre 1,25% e 2,25% para o ano de 2016, inferior à estimativa de dezembro do ano passado, de entre 2 e 3% para o ano de 2017", disse Rodrigo Vergara, presidente da entidade ao expôr o Informe de Política Monetária (Ipom) ao Congresso.

A nova projeção supõe uma redução das expectativas em relação à projeção de dezembro passado, de entre 2 e 3%.

O BC estimou ainda que a inflação permanecerá sobre 4% durante a primeira parte deste ano, convergindo gradualmente à meta de 3% na primeira metade do ano que vem.

Maior produtor de cobre do mundo, o Chile tem sofrido com a queda do preço internacional deste metal.

Em 2015, a economia chilena cresceu 2,1%, acima dos 1,9% de 2014.