Bolsas

Câmbio

"Panama Papers": Parlamento Europeu recebe apelo para rejeitar diretriz sobre sigilo de negócios

Paris, 5 Abr 2016 (AFP) - Um grupo de jornalistas, pessoas responsáveis por denúncias, cientistas, ONGs, associações e sindicatos europeus convocaram nesta terça-feira o Parlamento Europeu a rejeitar a diretriz sobre a "proteção dos sigilos de negócios" sobre a qual deve se pronunciar em 14 de abril.

Em um comunicado, o coletivo lembra que se este texto for adotado, um vasto escândalo de evasão fiscal como o dos "Panama Papers" não poderia ser revelado, assim como o escândalo "LuxLeaks" sobre o tratamento fiscal das multinacionais instaladas em Luxemburgo, que explodiu em 2014 graças ao Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ).

O grupo anuncia o lançamento de uma "segunda petição europeia" contra a diretriz sobre o sigilo dos negócios, já com 70.000 assinaturas, depois da lançada em junho de 2015 pela jornalista francesa Elise Lucet (mais de 500.000 assinaturas).

Adverte que "o que se propõe (na diretriz) é dar a empresas como o escritório de advocacia panamenho Mossack Fonseca", centro do escândalo "Panama Papers", "meios jurídicos suplementares para processar os jornalistas ou empresas de comunicação que publiquem sem seu consentimento fotos e informações internas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos