Bolsas

Câmbio

Vocalista do Led Zeppelin diz na Justiça ser autor de 'Stairway to Heaven'

Los Angeles, 21 Jun 2016 (AFP) - O vocalista do Led Zeppelin, Robert Plant, negou nesta terça-feira ter plagiado a introdução da música mais emblemática da banda, "Stairway to Heaven", ao afirmar em depoimento à Justiça americana ter escrito a canção décadas atrás na zona rural da Inglaterra.

O astro de rock, de 67 anos, disse a uma corte federal de Los Angeles que a música, alvo de uma ação por direitos autorais, é claramente um trabalho dele e do guitarrista e também compositor do Lead Zeppelin, Jimmy Page.

Ele disse ter concebido "Stairway to heaven" no início dos anos 1970 em Headley Grange, um estúdio de ensaios e gravações em Hampshire, Grã-Bretanha, que a banda costumava usar.

"Naquela noite em particular, eu me sentei ao lado de Jimmy [Page], junto à lareira, e me veio à mente o primeiro verso que se encaixava no que ele estava tocando", afirmou, lembrando a introdução da famosa canção.

"Tentei, realmente, trazer a Grã-Bretanha pastoral, remota... As referências celtas antigas, quase não faladas, para a composição", acrescentou.

Plant e Page estão sendo processados por supostamente plagiar os melancólicos acordes de guitarra na abertura de "Stairway to Heaven" de "Taurus", canção da banda de rock psicodélico de Los Angeles Spirit, editada três anos antes.

Na semana passada, Page afirmou que sua progressão nos acordes tinha mais em comum com a "Chim Chim Cher-ee", do musical "Mary Poppins", de 1964, do que com qualquer outra coisa.

O baixista do Led Zeppelin, John Paul Jones, também rechaçou as alegações de que seus companheiros de banda tenham plagiado trechos da canção do Spirit.

Também na semana passada, ele disse lembrar ter ouvido os primeiros acordes do que viria a ser "Stairway" em Headley Grange, quando ele e Page trabalharam nos arranjos iniciais.

O guitarrista do Spirit, Randy California, autor de "Taurus", afirmou durante muito tempo que merecia créditos pela composição de "Stairway to Heaven", mas nunca entrou com uma ação legal e morreu afogado em 1997 no Havaí.

Há dois anos, a ação por perdas e danos apresentada por seu curador e amigo, Michael Skidmore, alega que California merece o crédito para que possa, ainda que de forma póstuma, "assumir seu lugar como autor da maior canção de rock" já escrita.

Estão potencialmente em jogo neste caso milhões de dólares em direitos autorais.

O especialista em música Lawrence Ferrara, da Universidade de Nova York, declarou em testemunho que qualquer similaridade entre "Stairway" e "Taurus" também pode ser encontrada em canções escritas por compositores em mais de 300 anos.

"Não há semelhanças relevantes" entre as duas canções, afirmou Ferrara.

O Led Zeppelin abriu para o Spirit quando a banda britânica - integrada por Plant, Page, Jones e o baterista John Bonham, falecido nos anos 1980 - fizeram sua estreia em solo americano em 26 de dezembro de 1968, em Denver.

Mas os remanescentes da banda afirmaram em depoimento no tribunal que nunca tiveram qualquer interação mais significativa com o Spirit ou sequer ouviram "Taurus", escrita em 1967, antes de gravar "Stairway to Heaven", entre dezembro de 1970 e janeiro de 1971.

A acusação destaca que outras 16 canções do Led Zepellin foram alvo de ações por plágio, vários deles concluídos com acordos que incluíram reconhecimento e indenizações de parte do grupo. Entre as canções questionadas estão os clássicos "Whole Lotta Love" e "Babe I'm Gonna Leave You".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos