PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Cervejaria Ab InBev vai suprimir 5.500 empregos em fusão com SABMiller

26/08/2016 14h49

Bruxelas, 26 Ago 2016 (AFP) - A cervejaria número um do mundo, a belgo-brasileira AB Inbev vai suprimir cerca de 5.500 empregos no processo de fusão com a britânica SABMiller, informou nesta sexta-feira à AFP uma fonte próxima das operações.

A fusão entre os colossos da cerveja, operação na qual AB InBev absorverá SABMiller, o segundo jogador no mercado mundial, vai envolver "uma potencial redução de postos de trabalho a nível global de 3%" na nova empresa.

"Espera-se que os cortes sejam progressivamente implementados em várias fases durante um período de três anos", anunciou a AB Inbev, líder de mercado, em um documento.

AB InBev detém marcas como Corona, Stella Artois, Leffe, e Budweiser, enquanto SABMiller possui a checa Pilsner Urquell e a italiana Peroni.

O texto indica que a magnitude das reduções em todos os departamentos ainda é "incerta".

Acionistas de ambos os grupos vão realizar assembleias em 28 de setembro para decidir sobre a fusão aprovada pelos seus respectivos conselhos administrativos.

Se validada, a absorção da SABMiller pela AB Inbev vai ser implementada em 10 de outubro.

O novo grupo vai negociar principalmente na Bolsa de Valores de Bruxelas, com contribuições secundárias em Joanesburgo (berço da SABMiller) e no México.

AB InBev emprega "150.000 funcionários em 26 países", segundo seu último relatório. SABMiller, por sua vez, tem cerca de "70.000 funcionários em mais de 80 países", de acordo com seu website.