UE aprova sob condições compra do LinkedIn pela Microsoft

Bruxelas, 6 dez 2016 (AFP) - A Comissão Europeia aprovou nesta terça-feira a compra, sob condições, da rede social para profissionais LinkedIn por parte do gigante da informática Microsoft, uma operação de 26,2 bilhões de dólares, anunciada em junho.

"A decisão de hoje garante que os europeus poderão continuar escolhendo entre diferentes redes sociais profissionais", indicou em um comunicado a comissária europeia de Concorrência, Margrethe Vestager.

O executivo comunitário vincula sua decisão ao respeito de um conjunto de compromissos para preservar a concorrência neste setor na Europa.

Desta forma, a gigante americana deverá permitir que os fabricantes ou distribuidores de computadores portáteis possam decidir não instalar o LinkedIn no sistema operacional Windows, desenvolvido pela Microsoft, indicou a Comissão.

O grupo se comprometeu, ainda, a permitir que "as redes sociais concorrentes" da LinkedIn possam manter "os níveis atuais de interoperabilidade com a gama de produtos da Microsoft Office".

Com este aval, a Microsoft "conseguiu todas as aprovações regulamentares para finalizar a operação", que concluirá "nos próximos dias", comemorou a multinacional em um comunicado.

As promessas da gigante da informática serão aplicadas "durante um período de cinco anos", indicou a Comissão, anunciando que supervisionará a sua implementação.

Criada em 2003, a LinkedIn conta com 433 milhões de usuários no mundo e se impôs no setor de buscas de empregos nas redes sociais para profissionais.

Esta aquisição, a maior do grupo fundado por Bill Gates desde que Satya Nadella assumiu a direção no começo de 2014, se enquadra em um contexto de grandes aquisições no mundo digital, como a compra do serviço de mensagens WhatsApp pelo Facebook no mesmo ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos