Bolsas

Câmbio

Crescimento do primeiro trimestre é revisado em alta nos EUA

Washington, 26 Mai 2017 (AFP) - O crescimento da economia americana no primeiro trimestre foi revisado em alta devido aos fortes aumentos com gastos de consumo e de empresas, de acordo com a segunda estimativa divulgada nesta sexta-feira pelo Departamento de Comércio.

De janeiro a março, o Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu 1,2%, em comparação ao primeiro trimestre de 2016, em dados corrigidos, frente a 0,7% da estimativa precedente (divulgada há um mês).

Os analistas esperavam uma revisão em alta mais modesta, de apenas 0,8%.

Esse número representa, contudo, uma desaceleração frente aos 2,1% registrados no quarto trimestre de 2016. Os analistas asseguram, entretanto, que os primeiros trimestres tiveram uma queda nos anos recentes.

Os investimentos fixos de empresas cresceram em seu ritmo mais alto em cinco anos, o que contribuiu para a alta no crescimento global da economia no período janeiro-março.

Donald Trump chegou à presidência com a promessa de um renascimento econômico, e se comprometeu com um crescimento de três pontos ou mais.

Seu governo conta com esse aumento -que para muitos economistas pode não ser realista- para ajudar a pagar os incrementos com gastos militares.

Esses dados revisados do PIB, que se apoiam em um conjunto de dados mais completos do que havia em abril, também refletiram uma menor queda no gasto de governos locais do que foi originalmente relatado.

O Departamento de Comércio voltará a revisar os dados de crescimento do PIB em junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos