Bolsas

Câmbio

Banco do Vaticano ganhou 36 milhões de euros em 2016

Cidade do Vaticano, 12 Jun 2017 (AFP) - O Instituto para as Obras de Religião (IOR), mais conhecido como o banco do Vaticano, ganhou 36 milhões de euros em 2016, frente aos 16,1 milhões de 2015, informou nesta segunda-feira em um comunicado.

"Este resultado foi obtido graças a uma atividade de negociação eficaz, em um contexto de grande volatilidade dos mercados, de instabilidade política (...) e de baixas taxas de juros", disse o IOR.

O banco explica ter continuado em 2016 "a servir com prudência e a oferecer serviços financeiros especializados à igreja católica em todo o mundo".

Em 2016 o IOR tinha cerca de 15.000 clientes, principalmente religiosos, congregações e trabalhadores do Vaticano. No dia 31 de dezembro administrava 5,7 bilhões de euros em fundos.

Durante anos, o banco do Vaticano foi marcado pelos escândalos e acusado de ter servido à máfia, mas Bento XVI e seu sucessor Francisco promoveram uma importante reforma que terminou em 2015 com o fechamento de aproximadamente 5.000 contas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos