Bolsas

Câmbio

Petróleo fecha em baixa em Nova York

Nova York, 30 Ago 2017 (AFP) - O petróleo fechou em baixa nesta quarta-feira em Nova York, ainda sofrendo os efeitos da passagem da tempestade Harvey, que fechou refinarias ao longo da costa do Golfo do México e fez a demanda pela commodity cair.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para entrega em outubro perdeu 48 centavos em relação à véspera, fechando a 45,96 dólares no New York Mercantile Exchange (Nymex).

O barril de Brent do Mar do Norte com a mesma entrega fechou a 50,86 dólares no Intercontinental Exchange (ICE) de Londres, queda de 1,14 dólar em relação a terça-feira.

Segundo um levantamento realizado nesta quarta-feira pelo Departamento de Energia, as seis refinarias da cidade de Corpus Christi, sete da zona de Houston/Galveston e duas vizinhas de Beaumont/Port Arthur estavam fechadas ou em vias de fechar.

Ao todo, elas podem refinar 3,87 milhões de barris diários, o que corresponde a 20,9% da capacidade total americana.

"A alta contínua do nível das águas gera grande incerteza sobre o alcance dos danos causados às refinarias, sobre o ritmo em que as atividades suspensas poderão ser retomadas e sobre a amplitude da capacidade que vai continuar afetada durante os próximos meses", comentaram analistas da Goldman Sachs.

A paralisação das refinarias limita a produção de gasolina e produtos destilados e, em consequência, faz cair a demanda por petróleo, apesar de sua extração ter sido menos afetada.

Nesse contexto, a publicação dos dados semanais das reservas de petróleo nos Estados Unidos, não afetou significativamente os preços, já que o informe não tinha o reflexo das consequências da passagem do Harvey.

"São principalmente os dados da semana que vem que podem ser importantes, já que vão trazer uma primeira indicação detalhada do impacto do Harvey sobre o setor energético", avaliou James Williams da WTRG.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos