Bolsas

Câmbio

Operador de oleoduto fechado diz que entregas podem atrasar

Londres, 14 dez 2017 (AFP) - O operador do oleoduto de Forties, no Mar do Norte, disse nesta quinta-feira (14) que talvez seja preciso atrasar entregas, já que os reparos em uma tubulação danificada podem levar semanas

O governo, contudo, afirmou que a interrupção do funcionamento não representa riscos para o fornecimento de gás e petróleo aos consumidores.

O sistema de Forties, que normalmente transporta 40% da produção de petróleo e gás do Reino Unido no Mar do Norte, foi recentemente adquirido pelo grupo químico multinacional Ineos.

A Ineos invocou uma cláusula legal que permite que os produtores atrasem as entregas contratadas devido a circunstâncias fora do seu controle.

O grupo fechou o oleoduto do Mar do Norte na segunda-feira, causando um aumento nos preços do petróleo e do gás neste dia, e agora disse que o conserto vai levar "semanas, em vez de dias".

O defeito foi descoberto em uma seção onshore do gasoduto, perto da cidade escocesa de Aberdeen, na última quarta-feira, e só parou de crescer na terça-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos