Bolsas

Câmbio

AIE prevê produção petroleira recorde nos Estados Unidos

Paris, 19 Jan 2018 (AFP) - Os Estados Unidos devem bater, neste ano, seu recorde de produção de petróleo, alcançado em 1970, e até superar a Arábia Saudita, segundo maior produtor mundial, estimou nesta sexta-feira a Agência Internacional de Energia (AIE), sem alterar seu prognóstico de demanda global para 2018.

Em seu relatório mensal sobre o petróleo, a AIE prevê que a produção de petróleo americana aumentará em 1,35 milhão de barris por dia (mbd) neste ano.

Assim, o país alcançará "um máximo histórico acima de 10 mbd, superando a Arábia Saudita e competindo com a Rússia", se eles continuarem a limitar sua produção.

A produção americana é estimulada por uma recuperação dos preços do barril de petróleo nas últimas semanas.

Os preços estiveram bem acima dos 60 dólares o barril nas últimas semanas, seus melhores valores desde dezembro de 2014. O barril Brent do Mar do Norte ultrapassou 70 dólares no início desta semana.

Este dinamismo dos Estados Unidos será o principal motor do crescimento no fornecimento de países que não são membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep), que, de acordo com a AIE, aumentará em quase 1,7 mbd este ano contra 0,7 mbd no ano passado.

Já a Opep deve continuar a respeitar o acordo para reduzir sua produção, que se estenderá até o fim do ano.

Sobre a demanda, a AIE manteve a previsão de crescimento de 1,3 mbd em 2018, ritmo menos acelerado que no ano passado, alcançando os 99,1 mbd, devido, entre outros, à redução do consumo na China devido a novas políticas sobre poluição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos