PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Polônia retira ovos contaminados com antibióticos

15/06/2018 23h41

Varsóvia, 16 Jun 2018 (AFP) - O Serviço Veterinário da Polônia determinou a retirada do mercado de 4,3 milhões de ovos contaminados com um antibiótico, poucos dias após a remoção de ovos procedentes da Holanda do mercado alemão.

"A retirada do mercado (polonês) ocorre devido à presença de resíduos do antibiótico lasalocid a uma taxa que excede o máximo permitido", destacaram as autoridades em um comunicado.

O diretor da entidade, Pawel Niemczuk, disse que a substância foi incluída por "engano" na alimentação das galinhas de uma granja da região de Poznan.

"O alimento para engordar os frangos (que legalmente inclui antibióticos) foi administrado de forma equivocada nas galinhas poedeiras", destacou a agência polonesa PAP.

Na terça-feira, as autoridades alemãs retiraram cerca de 73 mil ovos holandeses do mercado após determinar que estavam contaminados com fipronil, um insecticida que foi a origem da grande crise de ovos contaminados na União Europeia no ano passado.