Bolsas

Câmbio

Wall Street recua por possibilidade de guerra comercial

Nova York, 15 Jun 2018 (AFP) - Wall Street fechou em baixa nesta sexta-feira, em meio a temores sobre o agravamento das hostilidades comerciais entre China e Estados Unidos após o anúncio da criação de novas tarifas aduaneiras.

O índice industrial Dow Jones recuou 0,34%, a 25.090,48 unidades, o tecnológico Nasdaq 0,19%, a 2.779,42, e o S&P 500 caiu 0,11%, a 2.779,42.

Na semana, o Dow recuou 0,89%, o Nasdaq subiu 1,32% e o S&P 500 ficou praticamente estável.

Neste sexta o mercado foi abalado quando os Estados Unidos anunciaram novas tarifas sobre importações chineses e Pequim anunciou imediatamente medidas de represália.

"Sabíamos que a ameaça das tarifas aduaneiras era real, mas achávamos que o governo acabaria negociando um acordo ou adiando a data-limite" antes de aplicar essas medidas", disse Art Hogan da Wunderlich Securities.

Grandes multinacionais americanas perderam, como a Boeing (-1,25%) ou a Caterpillar (-2,04%).

No mercado de títulos, a demanda aumentou. O rendimento dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos a 10 anos recuava a 2,920%, contra 2,935% de quinta-feira, e o dos bônus a 30 anos caía a 3,043%, ante 3,055% da véspera.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos