PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Wall Street fechou em alta

18/09/2018 19h09

Nova York, 18 Set 2018 (AFP) - Wall Street subiu nesta terça-feira, após as novas tarifas aplicadas pelos Estados Unidos a produtos chineses acabaram sendo mais baixas que o esperado.

O índice industrial Dow Jones avançou 0,71%, a 26.246,96, o tecnológico Nasdaq ganhou 0,76%, a 7.956 unidades, e o S&P 500 aumentou 0,54%, a 2.904,31 unidades.

A magnitude da decisão de Washington - que impôs tarifas de 10% a 200 bilhões de dólares de produtos chineses - surpreendeu positivamente o mercado, pois esperava-se que fosse mais dura, com uma taxa de 25%, disse Adam Sarhan, da 50 Park Investments.

"Isso é um sinal de que Donald Trump está consciente da pressão que pesa sobre ele. Além disso, vai aumentar as taxas aduaneiras antes das compras de Natal, com o risco de ser impopular", destacou Karl Haeling, da LBBW.

O efeito da guerra comercial entre as principais economias mundiais foi relativizado por alguns analistas. "O custo dessas medidas protecionistas não está mais concentrado do que naqueles dois países", segundo uma análise do banco Barclays.

No mercado de títulos, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos aumentava a 3,053%, contra 2,987% de segunda-feira, e o dos papéis a 30 anos subia a 3,197%, ante 3,128% da véspera.

Uma das razões para o aumento é que o mercado teme que Pequim venda parte de seus títulos americanos em retaliação às medidas comerciais de Washington, segundo analistas.

alb/jum/pb/gm/ll

BARCLAYS

PUBLICIDADE