PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Renault perde mais de 8% na bolsa após detenção de Ghosn

19/11/2018 18h18

Paris, 19 Nov 2018 (AFP) - A ação da fabricante automotiva Renault fechou a sessão desta segunda-feira (19) em queda de mais de 8%, impactada pela detenção de seu presidente, Carlos Ghosn, acusado pela Justiça japonesa de fraude.

O papel da Renault despencou 8,43%, a 59,06 euros, em um mercado na bolsa de Paris, que recuou 0,79%.

Segundo a imprensa japonesa, Carlos Ghosn foi detido nesta segunda em Tóquio por suspeita de fraude, após uma investigação interna da fabricante de automóveis.

O Conselho de Administração da Renault "se reunirá o quanto antes", informou a fabricante francesa nesta segunda.

vac/tq/arz/me/pb/mvv

Renault

EURONEXT