PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

México cancela restante de licitações petrolíferas a empresas

11/12/2018 19h09

México, 11 dez 2018 (AFP) - O organismo regulador de hidrocarbonetos do México anunciou nesta terça-feira (11) o cancelamento do que faltava do processo de licitação dos campos petrolíferos a investidores privados - centro da histórica reforma energética implementada pelo governo anterior, que o atual presidente Andrés Manuel López Obrador considera "uma farsa".



A Comissão Nacional de Hidrocarbonetos (CNH), responsável pelo processo, detalhou que cancelou as licitações 10 e 11, parte da terceira fase das rodadas de leilões iniciadas no fim de 2014, porque a secretaria de Energia pediu para excluir os 46 campos oferecidos a fim de "revisar a política energética e avaliar os resultados e avanços" de todo o processo.



"Ao serem excluídas na totalidade as áreas consideradas em cada licitação, ambos processos ficam sem objeto e, portanto (...), foi aprovado o cancelamento das licitações indicadas", disse a CNH em comunicado.



Os 46 campos retirados das licitações ficam nos extremos sul e norte do Golfo do México, na costa leste do país, uma região rica em hidrocarbonetos.