IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Trump indulta ex-magnata da mídia Conrad Black

16/05/2019 00h11

Washington, 16 Mai 2019 (AFP) - O presidente Donald Trump indultou nesta quarta-feira o ex-magnata dos meios de comunicação Conrad Black, que já cumpriu três anos de prisão nos Estados Unidos por fraude e obstrução à justiça.

"Em 2007, os promotores acusaram Lord Black de vários atos de fraude e obstrução, mas a Suprema Corte dos Estados Unidos discordou em grande parte e anulou quase todas as denúncias", destacou a Casa Branca ao anunciar o indulto.

O comunicado descreve Black como um "empresário e acadêmico" que "fez enormes contribuições aos negócios, assim como ao pensamento político e histórico".

Black escreveu o livro "Donald J. Trump: A President Like No Other" ("Donald J. Trump: Um presidente como nenhum outro").

Os problemas legais de Black começaram em 2004, quando foi acusado de desviar dezenas de milhões de dólares da venda de seus jornais, reunidos em sua empresa Hollinger International.

Black, escritor e historiador, defendeu sua inocência com veemência e iniciou uma série de ações por difamação contra seus detratores.

Após anos de batalhas legais, que chegaram à Suprema Corte dos Estados Unidos, Black conseguiu se livrar de vários processos, reduzindo em grande parte a sua pena.

Em seu apogeu, o grupo de jornais de Black foi um dos maiores impérios de mídia do planeta, faturando bilhões de dólares.

Além do The Daily Telegraph em Londres, o grupo reunia o Chicago Sun-Times, o canadense National Post e o Jerusalém Post.

wd/dw/lr

Mais Economia