Topo

Vale registra prejuízo no segundo trimestre por tragédia de Brumadinho

31/07/2019 22h04

São Paulo, 1 Ago 2019 (AFP) - A mineradora Vale registrou no segundo trimestre um prejuízo de 384 milhões de reais, em seu segundo exercício negativo consecutivo devido à tragédia que em janeiro deixou 270 mortos e desaparecidos em Brumadinho.

A companhia teve que destinar 8,37 bilhões de reais suplementares para reparos e medidas preventivas em outras minas, destaca um comunicado.

No primeiro trimestre, o prejuízo do maior produtor mundial de minério de ferro foi de 6,4 bilhões de dólares.

O Ebitda ajustado do segundo trimestre foi de 3,098 bilhões de dólares, diante de um déficit (o primeiro de sua história) de 652 milhões no primeiro trimestre. Apesar da melhora, o resultado é 20% inferior ao do segundo trimestre de 2018.

O relatório enumera as medidas de reparação e prevenção adotadas pela Vale em suas instalações desde a tragédia de Brumadinho, quando o rompimento de uma barragem - no dia 25 de janeiro - gerou um tsumami de 13 milhões de metros cúbicos de lama e resíduos de mineração que deixou 248 mortos e 22 desaparecidos.

js/mps/lr

Economia