PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Donald Trump e Greta Thunberg estão entre convidados do Fórum de Davos

14/01/2020 17h29

Genebra, 14 Jan 2020 (AFP) - Quase cinquenta chefes de Estado, governo e personalidades de todo o mundo participarão na próxima semana do Fórum Econômico Mundial (WEF) em Davos (Suíça), incluindo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a ativista climática sueca Greta Thunberg.

No entanto, o ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohamad Javad Zarif, não deverá estar presente devido à tensão com os Estados Unidos.

A 50ª edição do WEF, entre 21 e 24 de janeiro, terá 2.800 participantes reunidos na seleta estação de esqui suíça, protegida para a ocasião com grandes medidas de segurança.

A adolescente sueca Greta Thunberg retorna a Davos um ano após sua primeira participação, agora se tornando uma figura internacional em defesa ambiental.

Poucos dias antes do início do fórum, que reúne a elite política e econômica do mundo todos os anos, Thunberg participará no dia 17 de janeiro de uma demonstração na cidade suíça de Lausanne.

Também na Suíça estarão o vice-primeiro-ministro chinês Han Zheng, a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente ucraniano Volodomir Zelenski, presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, além do presidente do Equador, Lenín Moreno, da Colômbia, Iván Duque e o da Espanha, Pedro Sánchez.

Donald Trump, que retorna a Davos após sua visita em 2018, será acompanhado por sua filha Ivanka Trump e seu genro e conselheiro, Jared Kushner.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, o chefe de Comércio, Wilbur Ross, e o representante de Comércio, Robert Lighthizer, também estarão na delegação dos EUA.

No entanto, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que em 2013 chamou o fórum de "constelação de egos com gigantes orgias mútuas de adulação" não será. Sim, o príncipe Charles da Inglaterra virá.

dt/apo/cf/pc/age/cn

Economia