PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

PIB francês recua 6% no 1o trimestre, pior resultado desde 1945

Projeção leva em conta o isolamento social determinado para combater o novo coronavírus - Marc Piasecki/Getty Images
Projeção leva em conta o isolamento social determinado para combater o novo coronavírus Imagem: Marc Piasecki/Getty Images

08/04/2020 07h52

Paris, 8 Abr 2020 (AFP) - O Produto Interno Bruto (PIB) da França retrocedeu 6% no primeiro trimestre, devido à pandemia do novo coronavírus que paralisou boa parte da economia - aponta um cálculo estimado publicado pelo Banco da França nesta quarta-feira (8).

Neste quadro, o país se encontra tecnicamente em recessão.

Este é o pior resultado trimestral da economia francesa desde 1945. O PIB do país caiu 0,1% no quarto trimestre do ano passado, conforme o Instituto Nacional de Estatísticas, o Insee.

Segundo o Banco da França, com base na análise de dados de 8.500 empresas, em termos globais, a atividade econômica francesa caiu 32% nos últimos 15 dias do mês de março.

Depois de 1945, "teria que retroceder ao segundo trimestre de 1968, marcado pelas manifestações de maio, para encontrar um retrocesso da atividade de uma amplitude semelhante", diz o Banco.

Em 1968, o PIB trimestral recuou 5,3%.

O Banco Central avalia que cada quinzena de confinamento provoca um retrocesso do PIB de 1,5% em ritmo anual.

O estudo do Banco Central estima que a maioria dos setores econômicos franceses teve retrocessos brutais, começando pela construção, comércio, transportes, hotelaria e restaurantes.

O mês de abril será "pelo menos tão negativo quanto a última quinzena de março", advertiu o governador do Banco Central, François Villeroy de Galhau, em declarações à rádio RTL.

"O crescimento será muito negativo em 2020", afirmou, antecipando, no entanto, uma "recuperação" em 2021.