PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Petróleo alcança valor máximo em dois meses após redução de estoques nos EUA

20/05/2020 19h50

Nova York, 20 Mai 2020 (AFP) - Os preços do petróleo fecharam em um valor máximo desde meados de março nesta quarta-feira (20), depois que as reservas baixaram nos Estados Unidos pela segunda semana consecutiva, ao contrário do que os analistas esperavam.

Em Nova York, o barril de WTI para julho, no primeiro dia de vigência deste contrato como referência do mercado, subiu 4,8%, a 33,49 dólares.

Enquanto isso, o Brent do Mar do Norte para entrega em julho fechou a 35,75 dólares em Londres, alta de 3,2% com relação à terça-feira.

As reservas de petróleo nos Estados Unidos caíram pela segunda semana consecutiva, contradizendo uma vez mais as previsões do mercado, segundo um informe divulgado nesta quarta-feira pela agência americana de Informação sobre Energia (EIA).

Em 15 de maio, as reservas de petróleo eram de 526,5 milhões de barris (mb), após queda de 5 mb em relação à semana anterior.

Os especialistas consultados pela agência Bloomberg antecipavam, ao contrário, alta média de 2,15 mb.

Esta queda "aporta uma nota positiva" ao dia, resumiu Chris Beauchamp, da IG.

Segundo Phil Flynn, da Price Futures Group, os investidores estão "satisfeitos de que se libere espaço de armazenamento" depois de quase chegar ao limite em meio à pandemia do coronavírus, que pôs a demanda de petróleo em queda livre, enquanto a produção estava em níveis historicamente altos.

A queda consignada desta quarta-feira pela EIA é particularmente marcante no terminal petroleiro de Cushing (Oklahoma, sul), onde as reservas servem de referência para a cotação do petróleo WTI, comercializado em Nova York. A baixa foi de 5,5 mb a 56,9 mb.

As reservas de gasolina, ao contrário, subiram em 2,8 mb pela primeira vez em um mês. Analistas previam uma redução de 2,9 mb.

Nos Estados Unidos, a produção continuou baixando, a 11,5 milhões de barris por dia, seu menor nível desde outubro de 2018. Em meados de março, situava-se em um máximo histórico de 13,1 mb diários.

bp-dho/vog/mr/gm/mvv