PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Economia global pode ter 'cicatrizes significativas' por pandemia, adverte FMI

Nas previsões, o FMI projetava uma recuperação em 2021 com crescimento de 5,8% - AP
Nas previsões, o FMI projetava uma recuperação em 2021 com crescimento de 5,8% Imagem: AP

Em Washington (Estados Unidos)

12/06/2020 11h53

As consequências econômicas da pandemia de coronavírus podem causar "cicatrizes significativas" em todo mundo, e as perspectivas de recuperação continuam altamente incertas - afirmou a economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Gita Gopinath.

"Há uma profunda incerteza sobre a recuperação", afirmou a economista em um vídeo exibido no 7º Fórum Anual de Política Monetária da Ásia.

O FMI deve publicar em 24 de junho uma atualização de suas previsões, "que provavelmente serão piores" que os números publicados em abril, advertiu Gopinath.

A economista indicou que um dos fatores de preocupação é o ritmo de recuperação. "Um grande número de variáveis aponta que podem existir cicatrizes significativas", completou.

Em abril, o FMI anunciou a previsão de que a economia mundial entraria em recessão este ano com uma contração global do PIB de 3%. Na América Latina, poderá encolher 5,2%.

A instituição multilateral advertiu que a recessão global pode ser mais intensa, se o coronavírus continuar ativo no segundo semestre, ou no caso de uma segunda onda.

Nas previsões, o FMI projetava uma recuperação em 2021 com crescimento de 5,8%.

A covid-19 provocou mais de 421.000 mortes no mundo inteiro desde que foi detectada em dezembro passado na China, de acordo com um balanço da AFP elaborado com base em fontes oficiais.