PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Desemprego sobe 5% no Reino Unido devido à pandemia

Em Londres

26/01/2021 07h42

A taxa de desemprego subiu para 5% no Reino Unido nos três meses até o final de novembro, de 4,9% no final de outubro, devido às medidas de combate à pandemia do coronavírus - informou o Escritório Nacional de Estatística (ONS, na sigla em inglês).

A cifra representa 1,2% a mais do que no ano anterior, quando a pandemia ainda não havia se manifestado, mas é melhor do que as expectativas dos economistas, que eram de 5,1% em média.

Desde fevereiro de 2020, antes que o impacto da pandemia fosse sentido em cheio, o número de empregos caiu 828.000 em todo país.

Além disso, o número de demissões atingiu um número recorde entre setembro e novembro, aponta o ONS em seu site.

Ao mesmo tempo, a precariedade continua aumentando e, em dezembro, chegou a 2,6 milhões o número de pessoas que podem ter acesso a crédito por terem baixa renda, ou por estarem desempregadas.

"A crise está durando muito mais tempo do que qualquer um de nós esperava e cada perda de emprego é uma tragédia. Enquanto o NHS [sistema de saúde pública do Reino Unido] se esforça para proteger as pessoas com a vacina, fazemos todo o possível para apoiar empresas, indivíduos e suas famílias", disse o ministro da Fazenda, Rishi Sunak.

PUBLICIDADE