PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Petróleo supera os US$ 70 e depois recua

08/03/2021 19h56

Nova York, 8 Mar 2021 (AFP) - Os preços do petróleo caíram nesta segunda-feira (8) após superarem brevemente, no caso do Brent, os 70 dólares o barril, impulsionados por ataques contra instalações petroleiras na Arábia Saudita.

O Brent do Mar do Norte para entrega em maio fechou a 71,38 dólares durante a sessão asiática, seu nível mais elevado desde 8 de janeiro de 2020. Depois, recuou, fechando em queda de 1,61% a 68,24 dólares em Londres.

Enquanto isso, o barril de WTI para entrega em abril perdeu 1,57%, fechando a 65,05 dólares em Nova York.

Apesar destas baixas, os dois contratos de referência se movem em níveis próximos dos anteriores à pandemia do coronavírus.

O ministério da Energia saudita, citado pela agência oficial Spa, anunciou no domingo que um drone tinha atingido o porto petroleiro de Ras Tanura, enquanto um míssil balístico visou as instalações da gigante energética Aramco, no leste do país.

Os preços apagaram seus lucros, já que "a produção de petróleo não foi afetada", explicou Louise Dickson, analista da Rystad.

Também houve tomadas de benefícios após a "destacável alta dos últimos meses", avaliou Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

A cota de 70 dólares "é certamente um nível psicológico do qual os membros da Opep+ (a Opep e seus aliados) deveriam estar satisfeitos", acrescentou.

A aliança manteve com mudanças mínimas sua oferta de petróleo cru, cortada no ano passado.

Além disso, "o mercado é entusiasta com a vacinação nos Estados Unidos e a aprovação do plano de reativação de 1,9 trilhão de dólares" pelo Senado, "que animará a demanda", acrescentou Lipow.

A alta nos preços do petróleo "poderia fazer mais mal do que bem" à economia mundial, advertiu o analista Stephen Brennock. "Esta última alta deveria alimentar os temores dos mercados de um retorno da inflação (nos Estados Unidos)", destacou.

Por outro lado, preços tão altos poderiam incitar os produtores a impulsionar custosas explorações de petróleo de xisto, destacaram os analistas da JP Morgan.

"Com um barril de WTI acima dos 60 dólares este ano, a produção deveria subir, o que quer dizer que o próximo ano estará marcado por uma nova guerra pelas partes de mercado", concluíram.

bur-js-vmt/dho/mr/gm/mvv

J.P. MORGAN CHASE & CO

COMMERZBANK

Saudi Aramco

PUBLICIDADE