PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Wall Street fecha no azul, com Dow Jones e S&P 500 em níveis recorde

17/03/2021 19h49

Nova York, 17 Mar 2021 (AFP) - A bolsa de Nova York fechou no azul nesta quarta-feira (17), com o Dow Jones e o S&P 500 voltando a registrar recordes no fechamento, após a decisão do Federal Reserve (Fed, banco central americano) de continuar apoiando a economia "pelo tempo que for necessário".

O índice Dow Jones subiu 0,58%, situando-se pela primeira vez acima dos 33.000 pontos no fechamento, a 33.015,37 unidades.

O índice tecnológico Nasdaq se recuperou dos números negativos do início da sessão e subiu 0,40%, a 13.525,20 pontos, enquanto o S&P 500 atingiu um novo recorde: 3.974,12 pontos (+0,29%).

O Fed manteve suas taxas de juros de referência em níveis ultrabaixos nesta quarta-feira e melhorou fortemente suas previsões para o crescimento dos Estados Unidos em 2021, em vista da "recuperação recente da atividade econômica e do emprego".

O Fed espera um crescimento de 6,5% do PIB este ano e de 3,3% em 2022, enquanto em dezembro antecipava 4,5% e 3,2%, respectivamente, antes de a campanha de vacinação começar a avançar e da aprovação do plano de estímulo de 1,9 trilhão de dólares nos Estados Unidos.

O BC americano considera que a taxa de desemprego vai baixar para 4,5% este ano antes de alcançar 3,9% em 2022.

O Fed sustentará a economia "pelo tempo que for necessário", assegurou o presidente do BC, Jerome Powell, destacando que os Estados Unidos ainda estão longe de se recuperarem do impacto da pandemia.

"A economia está longe dos objetivos nos setores de emprego e inflação e será preciso um tempo para que novos progressos substanciais sejam realizados", destacou em coletiva da imprensa após a reunião do FOMC, seu comitê de política monetária.

Para Gregori Volokhine, do Meeschaert Financial Services, "o mais importante é que Jerome Powell disse que o Fed não agirá de forma preventiva (elevando suas taxas de juros) para evitar a inflação".

vmt/dho/mr/gma/mvv

PUBLICIDADE