PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

BBC anuncia libertação de jornalista detido em Mianmar

22/03/2021 06h25

Yangon, 22 Mar 2021 (AFP) - A BBC anunciou nesta segunda-feira a libertação de seu jornalista em Mianmar, Aung Thura, detido na sexta-feira durante as manifestações violentamente reprimidas após desde o golpe de Estado de 1º de fevereiro.

"O jornalista da BBC Aung Thura foi liberado em Mianmar", informou a emissora britânica, sem revelar mais detalhes

Aung Thura, jornalista do serviço birmanês da BBC, foi detido quando trabalhava diante de um tribunal. Ele foi levado por homens com roupas civis na capital, Naypyidaw, na sexta-feira passada.

Nesta segunda-feira, manifestantes contrários ao golpe de Estado militar saíram às ruas durante a madrugada na cidade de Mandalay (centro), um dia após a morte de oito pessoas durante atos de repressão.

Desde o golpe de 1º de fevereiro, que derrubou a líder civil Aung San Suu Kyi, os protestos são reprimidos com violência pela junta.

Quase 250 pessoas foram assassinadas e mais de 2.600 detidas, de acordo com a Associação de Ajuda aos Presos Políticos (AAPP).

Os opositores ao golpe decidiram protestar durante o dia e a noite para tentar impedir a resposta violenta das forças de segurança.

Na madrugada desta segunda-feira, os manifestantes, incluindo professores, protestaram em Mandalay, a capital cultural do país. Alguns exibiam cartazes com pedidos de intervenção da ONU.

No domingo, oito pessoas morreram nesta cidade e quase 50 ficaram feridas, informou uma fonte médica à AFP. Durante a noite, monges celebraram uma cerimônia com velas.

Em parte da cidade foram ouvidos tiros por volta das 23H00.

Em Yangon, a capital econômica do país, também foram organizados protestos durante a madrugada em alguns bairros.

lpm/lch/pz/mis/es/fp