PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Fed quer ver crescimento 'diminuir' nos EUA para baixar a inflação

17/05/2022 19h38

Washington, 17 Mai 2022 (AFP) - O Federal Reserve (Fed, banco central americano) quer ver o crescimento econômico diminuir nos Estados Unidos e ter evidência "clara" de desaceleração da inflação antes de recuar em seus esforços para frear a atividade econômica, afirmou o presidente da entidade, Jerome Powell, nesta terça-feira (17).

"O que nós precisamos ver é uma diminuição do crescimento dos níveis muito altos que nós vimos no ano passado, baixando para um nível ainda positivo", mas que permita que as cadeias de abastecimento acompanhem a demanda, disse em um evento do jornal The Wall Street Journal.

O Fed fez este mês o maior aumento de suas taxas básicas de juros desde o ano 2000 - meio ponto percentual após um quarto de ponto e março - para combater a inflação mais elevada em 40 anos no país.

Powell já antecipou que novos aumentos da mesma magnitude estão "na mesa" para as reuniões do comitê monetário do organismo em junho e julho.

Os membros do Fed precisam ver "evidência clara e convincente de que as pressões inflacionárias estão baixando e que a inflação está baixando. E se não vemos isso, então deveremos considerar nos mover mais agressivamente", reafirmou.

Com a economia abalada por problemas nas redes de abastecimento, o impacto da guerra da Ucrânia nos preços da energia e nas matérias-primas, e a escassez de mão de obra, Powell sustenta que uma decisão sobre moderar os aumentos das taxas será avaliada em momento oportuno.

O Fed busca normalizar sua política monetária, moderando ps preços sem levar a economia a uma recessão.

hs/to/mr/yow/mvv