Wall Street fecha em alta sólida e já pensa no fim do ciclo de aumento de taxas

A Bolsa de Nova York encerrou nesta quinta-feira (2) com um sólido aumento, impulsionada pelo status quo do Federal Reserve (Fed, banco central americano) sobre suas taxas de juros na quarta-feira, o que faz o mercado acreditar no final do ciclo de ajuste da política monetária.

O índice Dow Jones subiu 1,70%, o tecnológico Nasdaq ganhou 1,78% e o S&P 500, que estava em zona de correção há poucos dias, atingiu seu pico nas últimas duas semanas, crescendo 1,89%.

A recuperação das ações foi favorecida pelo recuo nas taxas dos títulos do Tesouro. Os rendimentos dos títulos a 10 anos caíram para 4,66%, em comparação com 4,73% na quinta-feira e 5% no início da semana passada, um máximo em 16 anos.

Essa distensão no mercado de títulos pode ser explicada pela decisão do Fed, mas também pelo plano de emissão de dívida do Tesouro dos Estados Unidos anunciado na quarta-feira, que prevê um menor endividamento a longo prazo.

"O fato de o Tesouro emitir menos do que o previsto e de o Fed dar a entender que estamos perto do final dos aumentos das taxas são dois fatores catalisadores" para o mercado de ações, explicou à AFP Adam Sarhan, da 50 Park Investments.

Além disso, o mercado estava "sobrevendido", acrescentou o analista para explicar a magnitude da alta.

Após o fechamento, foram divulgados os resultados da Apple.

A gigante da tecnologia faturou US$ 89,5 bilhões no quarto trimestre do seu exercício fiscal, o terceiro do ano, uma queda de 0,72% em relação ao mesmo período do ano passado e a quarta queda consecutiva da empresa.

Afetada pela queda nas vendas de computadores, a fabricante do iPhone superou, porém, as expectativas dos analistas tanto em volume de vendas como em lucro líquido, que atingiu US$ 23 bilhões (+11% sobre o mesmo trimestre do ano passado). Suas ações caíram 1,25% nas negociações após o fechamento.

Continua após a publicidade

vmt /mr7GM/ic

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes