Inflação nos EUA caiu em novembro, diz índice PCE

A inflação nos Estados Unidos caiu 0,1% em novembro, graças à queda dos preços da energia, segundo o índice PCE, o preferido do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), divulgado nesta sexta-feira (22). 

O PCE, que mede os gastos do consumidor, subiu 2,6% em relação ao ano anterior, inferior à taxa de 2,9% registrada em outubro, informou o Departamento do Comércio. 

Na comparação com o mês precedente, o índice recuou 0,1% pela queda nos preços dos alimentos e da energia. A inflação subjacente, que elimina precisamente produtos voláteis como a energia e alimentos, arrefeceu para uma taxa anual de 3,2%, também ligeiramente inferior à de outubro. 

Esses dados se somam aos que já indicavam um recuo da inflação, no momento em que o Fed mantém as taxas de juro em seu nível mais elevado dos últimos 22 anos, para atingir sua meta inflacionária de 2%. 

Considerando-se que o consumo e o mercado de trabalho se mantêm relativamente resistentes, aumentaram as esperanças de um "pouso suave", de modo que a inflação baixe sem desencadear uma recessão. 

Os números de novembro também mostraram que o consumo aumentou 0,2% em relação ao mês anterior. A renda "per capita" também subiu.

bys/nro/gm/mel/tt

© Agence France-Presse

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes