Bolsas

Câmbio

10 trabalhos perfeitos (e bem pagos) para os tímidos

Por muito tempo, a timidez foi considerada um defeito, daqueles que o candidato costuma ressaltar quando questionado sobre um ponto fraco seu na hora da entrevista de emprego.

Mas há profissões que exigem menos habilidades sociais que outras. Nem todo trabalho, por exemplo, requer muitas interações com colegas, chefes ou clientes.

"Acredita-se geralmente que ser tímido pode ser um obstáculo nos ambientes de trabalho, mas, dependendo da causa da timidez, essa característica pode ser usada como uma vantagem", diz Gregory Pontrelli, presidente-executivo da consultoria britânica Lausanne Business Solutions.

Segundo ele, empresas deveriam contratar pessoas com diferentes tipos de personalidades para ter diferentes pontos de vista e, assim, tomar melhores decisões.

No ambiente de trabalho, os tímidos são os que preferem ter menos interação social. E, na lista de profissões com salários normalmente altos, há funções perfeitas para quem interage pouco ou tem menos habilidade neste sentido.

Uma lista dos melhores trabalhos para os mais tímidos foi elaborada pela Rede de Informação Ocupacional dos Estados Unidos (O*Net, na sigla em inglês), que reuniu dados do Departamento de Trabalho americano.

Veja abaixo trabalhos bem pagos para tímidos e o salário médio anual, em dólares.

  • Especialista em recursos hídrico: 119,8 mil
  • Engenheiro de hardware: 111,7 mil
  • Físico: 111,5 mil
  • Matemático: 111,1 mil
  • Astrônomo: 104,1 mil
  • Economista: 99,1 mil
  • Desenvolvedor de aplicativos: 98,2 mil
  • Engenheiro óptico: 97,3 mil
  • Engenheiro de microssistemas: 97,3 mil

O critério usado foi o cruzamento do nível de salários, compilados periodicamente para centenas de postos, e com profissões que não requerem muita interação social nos EUA.

Outras profissões normalmente bem remuneradas nos EUA e que requerem pouca interação são, de acordo a O*Net, engenheiro naval e administrador de redes e sistemas.

Alguns dos empregos mencionados na lista, contudo, podem requerer altos níveis interação em circunstâncias específicas. Mas são atividades, em especial quando relacionadas à pesquisa, que podem ser desenvolvidas de forma solo.

Nem todos os tímidos são iguais

Segundo Pontrelli, existem dois tipos principais de tímidos.

O primeiro deles é o introvertido, que gosta de se envolver com pequenos grupos e prefere a satisfação pessoal ao reconhecimento social.

"Isso pode ser visto como um ponto fraco, mas muitos empregos precisam de funcionários que sejam capazes de trabalhar sozinhos por longos períodos", diz o especialista.

O outro tipo é o tímido com neurose, alguém mais sensível a sofrer com estresse e ansiedade, que não necessariamente responde ao estereótipo clássico da timidez.

Eles costumam se preocupar de véspera, com receio de que as coisas saiam errado, e, por isso, focam no trabalho, reduzindo o número de interações.

Nesse caso, são funcionários importantes para prevenir riscos em potencial.

Aos introvertidos, a recomendação é buscar atividades cujo desempenho não seja prejudicado pela timidez.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos