PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Notting Hill tem pior rendimento em mercado de casas de luxo de Londres

Neil Callanan

03/08/2015 14h08

(Bloomberg) - O valor das casas em Notting Hill, distrito londrino popular entre banqueiros e estrelas pop, caiu 3,8 por cento nos doze meses finalizados em julho porque a demanda por imóveis luxuosos na capital britânica desacelerou.

Os preços se contraíram 1,2 por cento nos bairros de Chelsea e Knightsbridge e 0,9 por cento em Kensington, pois o aumento do imposto sobre as vendas dos imóveis mais caros abafou a demanda, disse a Knight Frank LLP em um relatório nesta segunda-feira. A média de ganhos anuais nos treze distritos que conformam o centro de alto padrão de Londres desacelerou no período, de 7,9 por cento há um ano para 2 por cento, disse a corretora.

"O crescimento dos preços a oeste do Hyde Park teve um rendimento inferior à média do centro exclusivo de Londres nos últimos doze meses", disse Tom Bill, diretor de pesquisa residencial da Knight Frank para Londres, por e-mail. "Esses mercados costumam ser de casas familiares, onde uma demanda forte do setor de serviços financeiros tem se moderado nos últimos anos".

O Ministro das Finanças do Reino Unido, George Osborne, elevou em dezembro o imposto sobre as vendas, chamado selo fiscal, para as casas que custam 937.000 libras esterlinas (US$ 1,46 milhão) ou mais. O número de imóveis vendidos por dois milhões de libras ou mais caiu 25 por cento no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período de 2014, disse a Knight Frank.

"Uma sequência de mudanças tributárias contribuiu para um crescimento anual de um único dígito baixo", escreveu Bill no relatório. "Compradores e vendedores estão mais preparados para sentar e esperar um pouco mais neste ano, sem medo de perder o iminente retorno do crescimento mais forte".

Osborne também criou um imposto sobre rendimentos corporativos para as casas vendidas por pessoas que moram no exterior e introduziu um imposto anual para as companhias que tenham casas avaliadas em mais de um milhão de libras e não as aluguem.

Os distritos com o melhor rendimento foram a City de Londres e as vizinhanças ao redor, onde os valores cresceram 6,6 por cento no período.

Título em inglês: 'Notting Hill Is Worst Performer in London's Luxury-Home Market'

Para entrar em contato com o repórter:Neil Callanan, em Londres, ncallanan@bloomberg.net