Bolsas

Câmbio

Petróleo perto do nível mais baixo em 12 anos com estoque alto

Mark Shenk e Grant Smith

(Bloomberg) -- O petróleo caiu e foi comercializado perto nível mais baixo em mais de 12 anos antes da publicação de dados do governo dos EUA que devem mostrar que os estoques de petróleo bruto aumentaram, piorando o excedente da oferta mundial.

O petróleo WTI caiu até 3,2 por cento na terça-feira. Os estoques provavelmente aumentaram em 2 milhões de barris na semana passada, mostrou uma pesquisa da Bloomberg antes do relatório da Agência de Informação de Energia, a EIA, dos EUA na quarta-feira. O índice CBOE Crude Oil Volatility, um indicador antecipado da volatilidade dos preços do petróleo nos Estados Unidos, fechou na segunda-feira no nível mais alto desde fevereiro.

"O mercado está sendo guiado pelo excesso de oferta e demanda fraca", disse Gene McGillian, analista da Tradition Energy, em Stamford, Connecticut. "Nós tivemos um curto rali de alívio hoje mais cedo que perdeu força".

O petróleo caiu no início de 2016 com a volatilidade dos mercados chineses alimentando uma crise nas ações mundiais. Os estoques dos EUA continuaram em mais de 120 milhões de barris acima da média de cinco anos. O Brent pode ser comercializado na faixa dos US$ 20 se o dólar se valorizar rapidamente, de acordo com o Morgan Stanley.

O WTI para fevereiro caiu 79 centavos, ou 2,5 por cento, para US$ 30,62 o barril na New York Mercantile Exchange às 10h54. O contrato caiu para US$ 30,41 mais cedo, o nível mais baixo desde dezembro de 2003. Os preços caíram 30 por cento no ano passado.

O Brent para fevereiro caiu 56 centavos, ou 1,8 por cento, para US$ 30,99 o barril na bolsa ICE Futures Europe, com sede em Londres e tocou US$ 30,43 mais cedo, o nível mais baixo desde abril de 2004. O petróleo de referência para a Europa estava pagando ágil de 37 centavos em relação ao WTI.

Título em inglês: Oil Extends Losses From 12-Year Low as Stockpiles Seen Expanding

Para entrar em contato com os repórteres: Mark Shenk em Nova York, mshenk1@bloomberg.net; Grant Smith em Londres, gsmith52@bloomberg.net Para entrar em contato com os editores responsáveis: Telma Marotto, tmarotto1@bloomberg.net Patricia Xavier

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos