Alta-costura já não pode ignorar as roupas esportivas

Kim Bhasin

(Bloomberg) - Quando abriu os desfiles de uma semana de moda de alta-costura em Paris no domingo, Donatella Versace exibiu uma cena incomum nessas passarelas. Chamando sua coleção do Atelier Versace de "Alta-costura esportiva", a estilista trocou seu usual glamour extremamente sexy por algo muito mais... esportivo: modelos usaram camisetas de corrida, collants de malha e muitos cordões elásticos. Detalhes em gel de silicone apareceram em seus vestidos com recortes. Peças em amarelo e laranja neon, cores típicas das calças de ginástica da Nike e das camisetas de compressão da Under Armour chamaram a atenção. Foi como se um estúdio de dança da última moda tivesse, de algum modo, se juntado a uma festa elegante.

Durante muito tempo, as roupas esportivas eram consideradas indignas pela alta-costura, vistas como um produto da necessidade, não da criatividade. Eram utilitárias, não elegantes. As academias de ginástica, segundo essa concepção, definitivamente não tinham nenhum glamour. Quando o assunto eram os esportes, a alta moda se restringia ao público depois de praticar esqui ou ao circuito dos clubes de tênis. Camisetas de elastano e sutiãs esportivos de nylon eram criações para atividades obscuras, não para a vida noturna.

No entanto, o estilo mais informal das ruas abriu caminho para elevar seu status no mundo da moda. Parece que esse estilo se tornou popular demais, impossível de ser ignorado. Lentamente, as roupas esportivas começaram a aparecer nas passarelas de roupas masculinas e femininas pré-fabricadas, uma tendência tão poderosa que conseguiu ir contra a corrente em vez de ceder.

A marca de roupas esportivas Athleta, da Gap, estreou na Semana da Moda de Nova York em 2014, com uma apresentação coreografada em trampolins e modelos amarrados a cordas subindo pelos ares. Naquele mesmo ano, Alexander Wang colocou muitos leggings e casacos de neoprene em sua passarela, em colaboração com a H&M, e Riccardo Tisci, da Givenchy, usou o basquete como tema em um de seus desfiles, com moletons em abundância, e fez uma parceria com a Nike. Tory Burch iniciou uma linha de roupas esportivas que já foi exibida duas vezes nas passarelas. Algumas peças do desfile de Stella McCartney do ano passado pareciam uma referência à linha que ela tem com a Adidas. E agora, a Versace de fato levou a tendência ao nível da alta-costura.

A indústria da moda chama isso de "athleisure" - roupas de ginástica que podem ser usadas na academia, no fim de semana e, talvez, até para trabalhar ou para ir a uma festa. As roupas de yoga, graças ao sucesso da Lululemon, passaram a ser mais do que algo para usar durante a aula. Outras marcas aderiram à moda da ginástica de butique, encabeçadas por lugares de malhação como SoulCycle, Flywheel e Pure Barre. Os leggings roubaram um pedaço das vendas de jeans e continuam pressionando, o que indica que essa moda não será tão passageira.

Agora tudo recebeu um banho de luxo, das calças tipo moletom feitas de cashmere aos macacões de malha com elasticidade e texturas. No mundo das roupas pré-fabricadas, lojas como Carbon38 e Bandier lançaram todo tipo de peças esportivas elegantes e elásticas. Lojas de departamento chiques, como Bergdorf Goodman, seguiram a tendência com suas próprias seções de roupas esportivas, oferecendo itens como casacos atléticos Monreal de US$ 500 e leggings Lucas Hugh de US$ 250. Até a loja virtual de luxo Net-a-Porter abriu uma seção no site chamada Net-a-Sporter.

Tênis estão se misturando com saltos altos, collants com blusas, calças sociais com moletons. Iggy Azalea está usando calça de yoga no tapete vermelho. Cara Delevingne foi de tênis Puma à Casa Branca. É o caos.

E esse caos vai continuar. Sinto muito, Tim Gunn.

Título em inglês: 'Sportswear Is Officially Too Popular for Haute Couture to Ignore'

Para entrar em contato com o repórter:

Kim Bhasin, em Nova York, kbhasin4@bloomberg.net.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos