Bolsas

Câmbio

Bradesco e BB desistem de comprar Elavon no Brasil, dizem fontes

Francisco Marcelino e Cristiane Lucchesi

(Bloomberg) -- O Banco do Brasil e o Bradesco desistiram, ao menos por enquanto, dos planos de comprar a Elavon no Brasil após o Cade sinalizar que imporia restrições para aprovar o negócio, de acordo com duas pessoas familiarizadas com as discussões.

O plano dos bancos de adquirir uma participação na Elavon do Brasil Soluções de Pagamento não teria sentido financeiramente com as restrições propostas, disseram as pessoas, que pediram anonimato porque o assunto não foi tornado público.

O Banco do Brasil e o Bradesco não quiseram comentar.

O Citigroup, que possui 49% da empresa brasileira, contratou a Greenhill & Co para encontrar um potencial comprador para sua participação no fim do ano passado, segundo uma das pessoas. Este ano, o U.S. Bancorp, que tem os outros 51%, também considerou a venda da empresa, disse a pessoa.

Representantes do Citigroup, que tem sede em Nova York, e do U.S. Bancorp, que tem sede em Minneapolis, nos EUA, não quiseram comentar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos