PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Cinco coisas que vão dar o que falar hoje

Lorcan Roche Kelly

18/03/2016 09h33

(Bloomberg) - As bolsas subiram, os yields dos bonds japoneses caíram para um piso recorde e a crise do Brasil se aprofundou. Eis alguns dos assuntos que vão dar o que falar nos mercados hoje.

Alta dos mercados

As ações japonesas subiram ontem à noite e levaram o MSCI Asia Pacific Index (que exclui o Japão) de volta para os níveis de dezembro, com o qual completaram uma recuperação de 15 por cento em relação aos pisos registrados em janeiro. As ações europeias não apresentam grandes mudanças. O Stoxx Europe 600 Index avançava 0,1 por cento às 10 horas, horário de Londres. Existem algumas evidências de que os investidores continuam sendo cautelosos a respeito do rali das bolsas europeias, porque dinheiro continua sendo retirado dos fundos negociados em bolsa que acompanham as ações alemãs apesar da recuperação de 13 por cento no DAX Index em relação ao piso registrado em fevereiro. Os futuros do S&P 500 subiram 0,1 por cento após o movimento ascendente de ontem, que levou o índice para território positivo no ano.

Bonds japoneses

Os bonds do governo japonês continuam avançando. O yield sobre as notas de referência com vencimento em 2026 chegou a cair para -0,135 por cento, um piso recorde e abaixo da taxa de depósitos do Banco do Japão. As ações no país caíram pelo quarto dia consecutivo, já que a força constante do iene mantém a pressão sobre as exportações. O iene superou a marca de 111 por dólar americano ontem à noite, mas depois eliminou parte desses ganhos e era cotado a 111,3 por dólar às 10h20, horário de Londres.

Petróleo

O petróleo manteve sua posição acima de US$ 40 por barril nesta manhã. O West Texas Intermediate a ser entregue em abril praticamente não apresentava variações, a US$ 40,22 por barril às 10h17, horário de Londres. A alta dos preços ocorre quando volumes cada vez maiores de exportações dos EUA estão "assustando os mercados", disse Amrita Sen, analista-chefe de petróleo da consultoria Energy Aspects em Londres, em uma nota. Pode ser que a recuperação também tenha influído na decisão tomada nesta manhã pelo banco central da Rússia de manter as taxas de juros inalteradas pela quinta reunião consecutiva.

Brasil

A crise política no Brasil deu mais uma reviravolta ontem, quando o juiz federal Itagiba Catta Preta Neto deferiu uma liminar que suspende a posse de Luiz Inácio Lula da Silva como Chefe da Casa Civil do governo da presidente Dilma Rousseff. Como Dilma já estava sob pressão por grampos telefônicos com conversas sobre a nomeação de Lula, esta última mudança de direção só piora as coisas para ela. Mesmo se um processo de impeachment começar, será um processo longo e prolongado.

Conjunto de bonificações do UBS

O UBS Group aumentou seu conjunto de bonificações em 14 por cento e se transformou no único banco europeu que outorga compensações mais altas aos banqueiros. O Deutsche Bank, dono do maior banco de investimento da Europa, disse neste mês que reduziu seu conjunto de compensações para 2,41 bilhões de euros, e os custos totais de compensação do Barclays declinaram 6 por cento.