PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Cinco assuntos que vão dar o que falar hoje

Luke Kawa

28/03/2016 11h37

(Bloomberg) -- Bolsas têm resultados misturados, China reprime mercados imobiliários aquecidos e Japão avalia implementar estímulo fiscal. Estes são alguns dos assuntos que vão dar o que falar nos mercados hoje.

Mercados misturados

S&P sobe 0,09 por cento às 10:22 em Nova York após um pregão de resultados misturados ontem à noite na Ásia. O Stoxx Europe 600 Index e o FTSE estão fechados nesta segunda-feira pelo feriado da Páscoa. As moedas de países produtores de commodities, encabeçadas pelo dólar australiano, avançam, assim como a libra esterlina.

Campanha contra mercado imobiliário superaquecido na China

As bolsas chinesas caíram em meio ao anúncio de mudanças que afetarão a demanda por casas em alguns dos mercados imobiliários mais quentes do país. As quedas foram encabeçadas por promotores imobiliários. Autoridades implementaram medidas, como elevar as entradas, para domar os preços de casas de luxo em cidades seletas na tentativa de reparar o mercado bifurcado do país. Os valores dos imóveis em grandes cidades como Xangai ou Shenzhen têm divergido marcadamente daqueles de cidades de menor categoria após uma rodada recente de forte apreciação dos preços.

Abenomics volta recarregada

As bolsas japonesas subiram em meio aos informes de que o primeiro-ministro Shinzo Abe anunciará em breve um pacote de estímulo com medidas imediatas para manter a atividade econômica. A economia do Japão se contraiu em dois dos últimos três trimestres. Os economistas antecipam que Abe decidirá se vai adiar ou não mais um aumento do imposto sobre as vendas pouco antes de o Japão receber a cúpula do G-7 em maio.

Loeb adverte para plano de sucessão em gigante japonês

Daniel Loeb, da Third Point, está de volta. O bilionário investidor ativista escreveu uma carta para o CEO da Seven & i Holdings Co., Toshifumi Suzuki, na qual disse que a sucessão da gestão deveria ser questão de meritocracia, não nepotismo. Loeb se uniu a outros investidores na especulação de que o filho de Suzuki poderia ser o próximo da fila para chefiar a empresa, ao passo que Ryuichi Isaka, o atual presidente da Seven-Eleven Japan, poderia ser rebaixado. A posição da Third Point no holding japonês de alimentos e varejo foi divulgada em outubro. As ações fecharam o pregão com uma alta de quase 2 por cento.

Inflação

O indicador de inflação preferido do Federal Reserve, o índice de núcleo PCE, subiu 1,7 por cento na comparação anual. Analistas esperavam alta de 1,8 por cento após a leitura mais alta que a esperada para janeiro. A presidente do Fed, Janet Yellen, sugeriu que alguns fatores transitórios contribuíram para o salto recente no núcleo de inflação.

Título em inglês: Five Things You Need to Know to Start Your Day

Para entrar em contato com o repórter: Luke Kawa Nova York, lkawa@bloomberg.net, Para entrar em contato com os editores responsáveis: Telma Marotto tmarotto1@bloomberg.net, Patricia Xavier

©2016 Bloomberg L.P.