Bolsas

Câmbio

Cinco assuntos que vão dar o que falar hoje

Lorcan Roche Kelly

(Bloomberg) -- As bolsas se recuperam, o iene se estabiliza e a Yahoo tem possíveis compradores. Estes são alguns dos assuntos que vão dar o que falar nos mercados hoje.

Recuperação das bolsas

As bolsas estão conseguindo uma pequena recuperação no último pregão de uma semana onde houve fortes quedas no mundo inteiro. O índice MSCI Asia Pacific subiu 0,1 por cento ontem à noite e o índice Topix do Japão teve alta de 1,2 por cento. O índice Shanghai Composite da China caiu 0,8 por cento e registrou a sequência mais longa de perdas desde janeiro. Na Europa, o índice Stoxx 600 avançava 0,6 por cento às 10h21, horário de Londres, recuperação encabeçada pelos bancos. Os futuros do S&P 500 subiram 0,5 por cento.

Rali do iene paralisado

O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, disse que movimentos fortes do iene são indesejáveis, especialmente se forem abruptos. Após o fortalecimento repentino da moeda japonesa ocorrido ontem - para menos de 108 por dólar - o iene estava cotado a 108,75 às 10h45, horário de Londres. A grande movimentação do iene nesta semana ajudou a elevar a volatilidade do mercado cambial para o maior nível desde 2011.

Yahoo

A Verizon Communications planeja realizar uma oferta na primeira rodada pelo negócio de web do Yahoo na semana que vem, segundo fontes do setor. As ações do Yahoo Japan dispararam com a notícia de que a Verizon também está disposta a comprar a participação do Yahoo na empresa japonesa. O Google, a principal divisão da Alphabet, também está interessado no negócio principal do Yahoo. O Alibaba não se uniu à licitação porque a empresa está se concentrando em seus ativos na mídia chinesa.

Produção industrial do Reino Unido reduz perspectiva de crescimento

A produção industrial no Reino Unido caiu inesperadamente 0,3 por cento em fevereiro e a manufatura recuou 1,1 por cento. Com as preocupações com a economia crescendo antes do referendo pelo 'Brexit' em junho, os dados desta manhã não serão bem recebidos pelos investidores britânicos. A libra esterlina desfez grande parte dos ganhos que tinha obtido no começo do pregão após a publicação dos dados e operava com uma alta de 0,1 por cento frente ao dólar às 11h05, horário de Londres.

Quatro presidentes

Quatro líderes do Federal Reserve do passado e do presente se reuniram ontem em um evento que foi uma discussão relativamente leve sobre os desafios da posição de presidente do banco central dos EUA. A atual presidente do Fed, Janet Yellen, disse que a economia dos EUA está se aproximando do pleno emprego, mas ainda há certa inatividade. O ex-presidente Ben Bernanke disse que existe muita confiança de que os bancos centrais resolverão os problemas do mundo. Alan Greenspan e Paul Volcker também estavam presentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos