PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Investidores mostram sinais de euforia com ações nos EUA

Luke Kawa

21/07/2016 16h00

(Bloomberg) -- O S&P 500 e o Dow Jones Industrial Average fecharam em altas históricas na quarta-feira. Uma espiada nas entranhas dos fluxos e do sentimento do mercado sugere que os investidores estão envolvidos por uma sensação de euforia.

Os níveis moderados do CBOE Volatility Index, normalmente citado como indicador de medo, implicam que os investidores não antecipam nenhuma turbulência iminente nas ações.

Além disso, os fluxos para fundos negociados em bolsa mostram que os investidores mostram novamente apetite por produtos de maior risco. O dinheiro correu para produtos que monitoram os índices S&P 500, Russell 2000 e Nasdaq 100, enquanto um montante muito menor fluiu para a volatilidade mínima e para os ETFs de renda fixa.

As entradas de recursos nos ETFs que monitoram estes índices acionários de referência atingem seus níveis mais elevados desde setembro.

Outro indicativo de que o medo perdeu força: os investidores não estão mostrando inclinação pelo GLD, fundo negociado em bolsa que monitora o preço do ouro. Em 12 de julho, esse produto viu, de longe, sua maior saída de recursos de 2016.

E no que poderia ser um sinal preocupante de euforia, a Blogger Sentiment Poll, da Biriyini Associates, disparou recentemente. Aparentemente não existe indicador mais contrário do que quando as massas estão otimistas mesmo com pouco, ou nada, em jogo.

Felizmente para quem mantém posição comprada no mercado, o poder preditivo desse indicador parece ser muito mais forte quando os especialistas estão pessimistas.

Há sinais de que essa euforia esteja longe de ser universal. Destacadamente, gestores de fundos consultados pelo Bank of America Merrill Lynch reportaram que estão segurando recursos em níveis que não eram vistos desde 2001 e que os produtos negociados em bolsa que oferecem exposição aos futuros do VIX continuam vendo entradas de recursos.

PUBLICIDADE